domingo, 6 de febrero de 2011

BRISAS

Raquel Miragaia: http://geografiaoral.blogs.sapo.pt/

Brisas

Se há salvação possível neste mundo vem da brisa. Uma brisa leve que acaricia os corações mas também forte, desse tipo de fortaleza que só nasce dos espíritos honestos. Se há salvação possível vem do lado da brisa que não é propriedade de ninguém e por isso mesmo pertence a todas. Mesmo a mim, que só passo de passo pola vizinhança. Se o mundo acaba, talvez a revolução necessária esteja nesses lugares pequenos, onde a comunicação é possível e vale mais a generosidade que outros desejos ou imposturas.

Por isso, obrigada (e obrigados).

O espazo




A luz




A música : Fred Martins








Tres eran tres...




Marusela



Pablo



Carliños


Parte da tripulación.






Alfonso, capitán por un día.



Amigas e amigos











2 comentarios:

Cronopias dijo...

Moitas grazas a vós, Fred e Raquel, por unha noite deliciosa.

Fermosísimo texto que resume o sentimento de tódolos que tripulamos esta nave dos tolos.
As túas palabras son un agasallo para nós.

E non sigo porque me poño moi cursi, por algo xa me chaman a María Ostiz do Brisas.

Anónimo dijo...

como adoro essa Maria Ostiz, por mim segue sendo todo o cursi que queiras,
já sabes, o prazer foi mútuo :-)